A promoção de um ambiente inclusivo, que valoriza a diversidade humana, dentro das organizações é alavanca de inovação e melhores resultados nos negócios. Uma série de estudos e pesquisas vêm sido realizadas com a comprovação real de ganhos em produtividade das empresas. 

Preocupada em ampliar a visão dos seus líderes sobre a importância da acessibilidade e o valor da inclusão das pessoas com deficiência na dinâmica da organização, a gigante farmacêutica Takeda solicitou a elaboração de um programa de workshops com seus colaboradores.

O Programa de Cultura Inclusiva Takeda teve como foco a inclusão das pessoas com deficiência, em um primeiro momento. Foi estruturado em quatro etapas, começando pela palestra de sensibilização, onde conceitos básicos sobre o universo da pessoa com deficiência foram apresentados de forma envolvente e didática.

Na sequência, os líderes participaram do Workshop “A Empatia e a Diversidade”, com metodologia andragógica e fundamentada em princípios da Neurociência. Em paralelo, entrevistas individuais foram sendo realizadas com as pessoas com deficiência a fim de entender o momento de carreira de cada uma das pessoas, bem como suas expectativas e desejos profissionais.

Os objetivos centrais deste programa são a valorização das individualidades e o fomento de atitudes e práticas inclusivas dentro e fora da empresa.